Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

BSCG comemora, em julho, 40 anos de suas atividades

  • Publicado: Quinta, 11 de Janeiro de 2018, 15h39
  • Última atualização em Sexta, 12 de Janeiro de 2018, 10h55
  • Acessos: 753
imagem sem descrição.

Mario Novello, pesquisador emérito do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro (RJ), escreve sobre a Brazilian School of Cosmology and Gravitation, escola que completa, em julho próximo, 40 anos de atividades ininterruptas.

 

Em julho deste ano, celebraremos uma data especial da ciência brasileira: a Escola de Cosmologia e Gravitação – programada para ter periodicidade bianual e transformada em Brazilian School of Cosmology and Gravitation (BSCG), por conta de sua internacionalização na década de 1980 – completará, naquele mês, 40 anos de ininterrupta atividade.

Ao longo desse período, realizamos 16 versões da BSCG, totalizando 183 cursos avançados de cosmologia e áreas afins. Foram, sem dúvida, anos de intensa atividade e realizações.

Muitos jovens cientistas foram formados nessas escolas, e vários deles voltaram a participar da BSCG como professores. Produziu-se, assim, uma nova geração de pesquisadores extremamente atuantes, voltados para questões globais, olhando para o céu, procurando entender o universo em que vivemos.

Como a ciência é essencialmente uma atividade coletiva, realizamos várias colaborações com cosmólogos, físicos, astrônomos e astrofísicos de diversos países: entre eles, Argentina, Chile, Venezuela, Peru, Uruguai, México, Costa Rica, EUA, Canadá, França, Itália, Inglaterra, Japão, Nova Zelândia, Dinamarca, Bolívia, Portugal, Bélgica, Suíça, Alemanha e, especialmente, com os países do BRICS, bloco que, além do Brasil, incluí Rússia, Índia, China e África do Sul.

A BSCG permitiu a criação de um fórum extremamente ativo de trocas científicas e intelectuais entre alunos e professores, incluindo cientistas de várias partes do mundo, nomes de grande importância na comunidade científica internacional.

 

Nossa utopia

Conhecer o universo não afeta nosso cotidiano, nossa vida na prática, mas contribui enormemente para que possamos transformar nossa pequenez face à imensidão do cosmo, por meio do engrandecimento de nossa alma.

Podemos, assim, como sonhava o teólogo e filósofo italiano Giordano Bruno (1548-1600), usar esse conhecimento, essa dedicação à compreensão do universo para tornar os seres humanos menos propensos a projetos egoísticos, servindo como instrumento capaz tanto de modificar a sociedade quanto construir um convívio em que a solidariedade seja um dos valores mais importantes.

Esta é a nossa utopia.

Na ocasião, será lançado o livreto Brazilian School of Cosmology and Gravitation [BSCG] 40 anos, que complementa publicação semelhante comemorativa dos 30 anos do evento.

 

Mario Novello

Pesquisador Emérito do CBPF,

Coordenador da BSCG

 

Mais informações:

Livreto 30 anos da BSCG: https://www.ceacbrasil.com/wp-content/uploads/2017/01/BSCG_30_Anos_peq-2.pdf

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página