Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Atividades Formativas de Verão se despedem com a história da constante G

  • Publicado: Terça, 04 de Fevereiro de 2020, 18h32
  • Última atualização em Terça, 04 de Fevereiro de 2020, 18h32
  • Acessos: 280

Nesta sexta (7), às 16h, a XVII edição das ‘Atividades Formativas de Verão’ – evento que terminou no último dia 31 ‒ faz sua ‘despedida informal’ por meio da palestra do pesquisador João A. M. Pereira, do Departamento de Física da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio).

A apresentação ‒ com o título ‘Um pouco sobre a história da constante G’ ‒ será no auditório J. J. Giambiagi, no 3º andar do Edifício César Lattes, prédio principal do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro (RJ), à rua Dr. Xavier Sigaud 150, no bairro da Urca.

Segundo Pereira, a apresentação “consiste em um relato pessoal de um estudo didático sobre a viagem até a Lua e sobre a relação deste evento com o desenvolvimento histórico que levou a concepção da constante da gravitação universal G”.

Na palestra, serão citadas obras cinematográficas e literárias relacionadas ao feito, assim como sua versão científica ‒ é comprovada e explorada, em particular, a relação entre Júlio Verne (1828-1905), famoso escritor francês de ficção científica, e matemáticos de sua época, como o também francês Joseph Bertrand (1922-1900), autor do famoso teorema sobre órbitas fechadas.

Será discutido um equívoco relacionado à constante G: o fato de que sua determinação só tenha ocorrido perto da virada do século 19, e que o problema da força gravitacional ‒ como conhecido hoje no ensino de física ‒ é contemporâneo ao nascimento da física moderna, no início do século passado.

A palestra é aberta, gratuita e não requer inscrição prévia. O público externo precisa apresentar documento de identificação na portaria.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página