Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Sobre

Publicado: Quinta, 21 de Março de 2019, 09h58 | Última atualização em Quinta, 28 de Março de 2019, 13h59 | Acessos: 655

A Física da Matéria Condensada (FMC) é uma área de intenso dinamismo onde novas descobertas ocorrem com frequência exigindo dos pesquisadores flexibilidade e conhecimento para abordar novos problemas. A pesquisa na área de novos materiais tem sido importante elemento no desenvolvimento das sociedades modernas, baseadas em alta tecnologia. O impacto dos materiais avançados (compostos e ligas metálicas magnéticas, semicondutoras, cerâmicas, cristais líquidos, materiais nanoestruturados, biomateriais, supercondutores, etc...) atinge todos os aspectos do mundo moderno, desde o dia-a-dia das pessoas até a grande escala a economia mundial.

É sabido que estes saltos para novas tecnologias sempre têm uma ligação estreita com a pesquisa fundamental sobre as propriedades básicas da matéria condensada e com a pesquisa aplicada, que visa manipular as suas propriedades estruturais, físicas, químicas, elétricas e magnéticas. A pesquisa pode envolver a fabricação dos materiais com propriedades programadas, que necessitem ter sua estrutura definida a nível atômico.

O CBPF vem trabalhando na vanguarda das pesquisas em novos materiais, e possui pesquisadores na área de reconhecida competência e destacada produção científica.

Os laboratórios multiusuários voltados para a preparação e caracterização de materiais avançados têm sido ao longo de vários anos, e com o apoio da FINEP, ampliados e modernizados. Isto possibilitou abertura destes laboratórios para a comunidade científica nacional, oferecendo serviços de alta qualidade e tornando o CBPF um centro de referência para caracterização de materiais. Estes laboratórios são: Laboratório de Raios X (RX), Laboratório de Magnetometria (SQUID e PPMS), Laboratório de Produção de Materiais Avançados (LPMA), Laboratório de Crescimento de Materiais Monocristalinos (CRISTAL)#, Laboratório de Ressonância Magnética (RMN) e Laboratório de Ressonância Paramagnética Eletrônica (EPR). Todos estes laboratórios operam de forma aberta, com uma gestão realizada por pesquisadores da casa que zelam pelo bom funcionamento e pela coordenação dos usuários.

# O nome correto do Laboratório de Crescimento de Materiais Monocristalinos (CRISTAL) é Laboratório de Síntese de Monocristais (LSM).

A Infraestrutura Multiusuária para Materiais Avançados está ligada a Coordenação de Física Experimental e Baixas Energias (EXP) e colabora diretamente com as coordenação APL.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página