Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

A iniciativa ‘Open Universe’, das Nações Unidas, e o Banco de Dados Científicos Brasileiro

COLÓQUIOS DO CBPF

A iniciativa ‘Open Universe’, das Nações Unidas, e o Banco de Dados Científicos Brasileiro

   

  

 

Ulisses Barres de Almeida

Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas

 

Local: Auditório Ministro João Alberto Lins de Barros, no CBPF, à rua Dr. Xavier Sigaud 150, Urca, Rio de Janeiro (RJ).

Dia: 28 de novembro 2017 (terça-feira).

Horário: 16h

Entrada gratuita, sem necessidade prévia de inscrição. Não servidores devem apresentar documento de identificação na portaria.

 

RESUMO

O ano de 2018 marcará o 50º aniversário da primeira conferência ‘Unispace’, organizada pelas Nações Unidas (ONU) para a promoção dos “usos pacíficos do espaço exterior”. Seu objetivo foi o de chamar a atenção para os vastos e potenciais benefícios do espaço e da recém-inaugurada ‘era espacial’ para a humanidade. Os benefícios e as potencialidades que a exploração e o conhecimento do espaço comportam muito podem contribuir para a paz e o crescimento da humanidade. Nesse sentido, as amplas vias de comunicação abertas pela ‘era da informação’ são instrumentos fundamentais para que tais avanços alcancem todo o planeta. Com esse propósito, realizou-se, entre 20 e 22 de novembro deste ano, em Viena, no Escritório das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Exterior (Unoosa), um workshop para o lançamento da iniciativa ‘Open Universe’, a ser promovida sob os auspícios do Comitê para Usos Pacíficos do Espaço (Copuos). Essa iniciativa irá desenvolver uma plataforma global para a integração de dados de alto nível sobre ciências espaciais, além de promover ações para a disseminação de informação e a educação em astronomia e ciências afins. O ‘Open Universe’ permitirá maior integração e compartilhamento de informações entre os cientistas de todo o planeta, promovendo avanços na pesquisa, além de ampliar a acessibilidade a conteúdo científico de qualidade para educadores, estudantes ou quaisquer cidadãos interessados. Representa, portanto, um esforço para a democratização do conhecimento sobre o cosmo. O Brasil é uma das várias nações e órgãos internacionais que apoiam o ‘Open Universe’ por meio, inclusive, de projetos de disseminação de dados científicos, como o Banco de Dados Científicos Brasileiro (BSDC, na sigla em inglês), em curso no Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro (RJ). Neste colóquio eu irei expor os objetivos e o caminho para a iniciativa ‘Open Universe’, bem como o seu status atual e atividades em curso e planejadas no Brasil.

 

BREVE CV

Ulisses Barres de Almeida é doutor em astrofísica pela Universidade de Durham (Reino Unido), atualmente pesquisador do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro (RJ). É responsável no Rio de Janeiro do Consórcio CTA para construção do Cherenkov Telescope Array. É coordenador do projeto do Banco de Dados Científicos Brasileiro (BSDC, na sigla em inglês) e membro do Comitê de Programas da Iniciativa “Open Universe” das Nações Unidas.

 

Mais informações sobre a palestrante:

http://lattes.cnpq.br/3078826671259613

http://portal.cbpf.br/index.php/ultimas-noticias/334-ulisses-barres-do-cbpf-recebe-premio-por-contribuicoes-a-astrofisica

registrado em:
Fim do conteúdo da página